Uniprime - Cooperativa de Crédito do Norte do Párana

#114 - Use os incentivos fiscais a seu favor

19 de Julho de 2021

#114 - Use os incentivos fiscais a seu favor
Por Rodrigo Martimiano da Rocha e Juliana Olivieri Refundini, profissionais com Certificação CFP®.

A taxa Selic está em alta, fazendo com que investimentos atrelados a este indexador se tornem mais atrativos. Afinal, quem não gosta de investir em um produto seguro e com boa rentabilidade? Pois é, todo investidor adora uma boa rentabilidade atrelada a segurança da renda fixa. Mas hoje, vamos falar um pouco sobre como deixar esta rentabilidade ainda maior. Quer saber como?  Aproveitando os incentivos fiscais! É isso mesmo, alguns investimentos possuem isenção de impostos, o que melhora as suas rentabilidades.

Na grande maioria dos investimentos, o governo tributa o lucro do investidor na forma de imposto de renda retido na fonte, cada um com uma alíquota de imposto diferente. CDB, RDC, Fundos de Investimentos e Letra Financeira, são alguns exemplos que possuem tributação que variam de 15% a 22,5% dos seus rendimentos. Isso por exemplo, faz com que um CDB aplicado a 100% do CDI durante 6 meses, entregue um rendimento líquido de apenas 77,5% do CDI. Essa tributação é igual para todas as instituições que oferecem tais produtos, e a alíquota a ser descontada varia conforme o tempo de aplicação. Quanto maior o prazo, menor a alíquota.

A boa notícia é que o governo oferece alguns produtos com isenção deste imposto, melhorando consideravelmente a rentabilidade final. Essa isenção é dada quando o governo pretende incentivar algum segmento específico, tornando mais vantajosos os produtos de aplicação que direcionam os recursos para estas áreas. É o caso da Letra de Crédito Imobiliário, a LCI, que visa incentivar o setor habitacional e está atrelada ao crédito imobiliário. Já falamos sobre ela aqui neste canal, clique aqui para relembrar.

No exemplo acima onde citamos o CDB, observamos a rentabilidade do investimento de forma líquida, descontando a incidência do imposto que será aplicado. Vale ressaltar que devemos fazer o mesmo com todos os nossos investimentos. No caso da LCI, essa análise fica bem mais fácil, pois não tem imposto de renda. Ou seja, a taxa que você negocia é a mesma que você vai receber de rendimento líquido! Interessante né? Temos também no mercado, outros produtos que possuem o benefício, é o caso da Poupança, da LCA, dos Fundos Imobiliários, entre outros.

Outra dica interessante para aumentar a rentabilidade do seu investimento, é optar por instituições que podem vir a entregar remuneração extra a suas aplicações, que é o caso das cooperativas de crédito que distribuem sobras anuais.

Você pode usar estes benefícios para diversificar sua carteira e majorar a sua rentabilidade, mas não esqueça que cada produto de investimento tem sua funcionalidade e indicação. Hoje aqui, o que vale é a dica de aproveitar o que cada um tem de melhor para maximizar seus rendimentos. Fique sempre atento!

Ainda tem dúvidas sobre os investimentos com isenção de imposto de renda? Fale com a gente através do e-mail: contato@uniprimebr.com.br

COMPARTILHAR:

Este conteúdo foi útil para você?

VEJA TODOS OS ARTIGOS