Uniprime - Cooperativa de Crédito do Norte do Párana

#109 – Entendendo o PIB

14 de Junho de 2021

#109 – Entendendo o PIB
Por Rodrigo Martimiano da Rocha, profissional com Certificação CFP®.

O relatório Focus do Banco Central publicado na última segunda-feira, apresentou projeção de alta no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021. Por este motivo, o assunto PIB veio à tona nos principais noticiários do mercado financeiro do país. Mas do que exatamente se trata essa sigla e como devemos olhar para ela quando analisamos os números?

Neste canal de educação financeira, já falamos brevemente sobre o que é o PIB, qual seu objetivo e como é medido. Você se lembra? Caso não, acesse aqui e refresque sua memória. 

Resumidamente falando, o PIB é um indicador econômico utilizado no mundo todo para medir como está a situação econômica de uma determinada região. A intenção é medir o desempenho da economia, para verificar se há crescimento, estagnação ou regressão, a fim de auxiliar o governo no desenvolvimento de políticas econômicas. Mas você sabia que existem dois “tipos” de PIB? Sim, eles são chamados de Nominal e Real e a diferença entre eles é a seguinte: 
PIB Nominal: é a soma simples dos itens que compõe o índice. Geralmente é este que o IBGE divulga.
PIB Real: é o PIB Nominal descontado o índice de inflação. Possibilita uma análise mais fiel, pois transmite se realmente houve aumento da produção e consumo interno, ou se houve apenas a correção de preço dos produtos, devido a inflação.

Outro ponto importante a se atentar, é que para efeito comparativo do PIB entre países, após cada um medir seu PIB em números da moeda local, o resultado é convertido para a cotação do dólar, que é considerada a moeda padrão para negociações internacionais. Nesta comparação, é importante analisar se o país que perdeu ou ganhou posições, o fez devido ao desempenho da sua economia, ou apenas pela desvalorização ou valorização da moeda local em relação ao dólar. 

O PIB é um número de macroeconomia, que não leva em consideração qualidade de vida ou distribuição desta riqueza dentro do país, mas quando o PIB está crescendo é um sinal de que a economia está indo bem, as indústrias estão produzindo mais, ocorre maior geração de empregos e investidores internacionais entendem que aquele local é uma boa região para se investir. E quando se atinge um cenário de crescimento forte e constante deste índice, é esperado uma melhora geral de todos os outros indicadores e uma melhora da situação geral para toda a população, com aumento de empregos e renda, podendo-se gerar um ciclo virtuoso de crescimento constante. 

Gostou de entender mais sobre o PIB? Continue acompanhando nosso canal para mais dicas e, caso tenha dúvidas, escreva para: contato@uniprimebr.com.br.

COMPARTILHAR:

Este conteúdo foi útil para você?

VEJA TODOS OS ARTIGOS