Uniprime - Cooperativa de Crédito do Norte do Párana

#63 - Por dentro do investimento: CDB, RDB e RDC

13 de Julho de 2020

#63 - Por dentro do investimento: CDB, RDB e RDC
Por Juliana Olivieri Refundini, profissional com Certificação CFP®. 

Já reparou como o mundo dos investimentos tem tantas siglas? LCI, LF, CDB, RDB, RDC, LCA, além de muitas outras. Sei que as vezes fica meio confuso para quem não está habituado, e é por isso estamos aqui para ajudá-lo.  Nas semanas anteriores, falamos sobre algumas destas siglas da imensa sopa de letrinhas da economia. Vale a pena conferir, posso garantir que não são complicadas assim como parecem. Hoje vamos falar do CDB e do RDB, dois produtos de renda fixa, muito utilizado pelos bancos para captação de recursos. 

Mas afinal, como funciona o Certificado de Deposito Bancário ou CDB? Como já disse, é a forma mais comum de captação de recursos dos bancos, ou seja, você empresta seu dinheiro para o banco e ele se compromete a devolver este recurso acrescido de juros em data futura. Em cada instituição, os CDBs possuem diferentes formas e taxas de remuneração, ou seja, você pode investir em um CDB com carência de 90 dias por exemplo, com uma taxa “X” em uma instituição, e em outra, apesar da mesma carência, a rentabilidade ser “Y”. Também os valores mínimos de investimento mudam de acordo com a instituição. 

Quanto ao Recibo de Depósito Bancário ou RDB, funciona de forma similar. A principal diferença na maioria dos casos, é a sua liquidez, ou seja, o tempo mínimo que você tem que esperar para fazer o primeiro resgate.
Ambos os investimentos possuem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito, o FGC. São investimentos seguros, conservadores e podem ser remunerados com taxas prefixadas, pós fixadas e atreladas a índices como CDI ou IPCA. 

De quebra, vou falar hoje de outra sigla que citei acima: o RDC ou Recibo de Deposito Cooperativo, que nada mais é que o mesmo produto que tratamos acima, porém, comercializado pelas Cooperativas de Crédito, o que na prática pode ser mais vantajoso, já que vem do sistema cooperativo que possui alguns diferenciais frente aos bancos. Tão seguro quanto o CDB e o RDB, o RDC também possui garantia do Fundo Garantidor do Cooperativismo o FGCOOP, sendo um investimento renda fixa conservador.

Como você pode ver, até mesmo em produtos de renda fixa, sempre vale a pena comparar as melhores condições que o mercado oferece. Pois, em cada instituição financeira, seja em banco ou cooperativa de crédito, terão regras específicas. 

Lembre-se de que planejando sempre, se constrói um futuro solido e seguro. Não esqueça de avaliar seu perfil de investidor, como as vezes mudamos de gosto, nosso perfil também pode mudar, por isso, reavaliar a cada 2 anos é muito importante.  

Espero ter ajudado, qualquer dúvida não hesite em nos escrever. Se precisar de mais informações, envie um e-mail para faleconosco@uniprimebr.com.br.
Ótima semana!

COMPARTILHAR:

Este conteúdo foi útil para você?

VEJA TODOS OS ARTIGOS