Uniprime - Cooperativa de Crédito do Norte do Párana

#57 - Boas práticas em momentos de crise

01 de Junho de 2020

#57 - Boas práticas em momentos de crise
Por Juliana Olivieri Refundini, profissional com Certificação CFP®.

Por mais que nos planejemos o inesperado pode atingir a todos. Exemplo disso é o que estamos vivemos devido a Pandemia por Covid-19. O fato é que temos que nos adaptar à nova realidade, não é mesmo? E em alguns casos eu diria até se reinventar. 

Muitos negócios até então promissores, deverão mudar seus cursos, novos hábitos estão sendo adquiridos pelos consumidores em geral. Assim como novas soluções que surgiram para “driblar” a crise não necessariamente serão provisórias e sim, definitivas: a exemplo das reuniões realizadas on-line que se mostraram ótimas alternativas para manter a comunicação com agilidade e redução de custos. 

Mas o que tudo isso tem a ver com o seu planejamento financeiro? Tudo, pode acreditar! Vem comigo que vou te explicar. Neste exato momento algumas situações podem ter fugido do seu controle, e o que era realidade para você ontem, passa a não ser hoje. Se você ainda não tem um planejamento financeiro pessoal, esta é a oportunidade ideal para que o faça, e se já tem, o momento pede uma revisão. Vamos elencar algumas etapas para que você possa reorganizar a sua vida financeira e se preparar para o que vem pela frente.

Antes de tudo, abra a sua planilha de planejamento financeiro pessoal ou se precisar de uma, clique aqui. Se preferir acessar um APP, indico Minhas Economias, disponível para Android e iOS. 
Agora que está pronto para começar, vamos aos passos:

1º: tome consciência da sua nova condição de renda – se você teve sua renda reduzida de alguma maneira ou se você perdeu o seu emprego, é hora de repensar e se organizar para enfrentar essa nova realidade: saber exatamente quanto você ganha é essencial para começar;

2º: relacione todos os seus gastos diários/mensais em uma planilha;

3º: identifique as suas necessidades essenciais. Quais são seus gastos prioritários que não consegue abrir mão? Exemplo: moradia, alimentação, plano de saúde e outros que julgar necessário;

4º: adeque seu estilo de vida à nova realidade – tendo elencado o essencial, avalie os demais itens de consumo e veja quais deles poderão ser revistos, quer seja diminuindo a frequência ou trocando de escola por exemplo, até aquele que somente por esse período deverá ficar em standby, até que seja possível retomar (exemplo: escola, academia, aula de inglês, pacote de TV, internet entre outros). Após avaliação, lembre-se que além dos cancelamentos temporários, você pode contactar cada prestador de serviço para renegociar seus contratos de acordo com o seu orçamento e com isso, poderá reduzir as suas despesas fixas e manter a contratação. Essa dica cabe para tudo que você paga mensalmente, seja aluguel ou produtos de consumo. Contratos com bancos também devem ser revistos, busque oportunidades de prorrogação ou reparcelamento de dívidas para que a parcela caiba no seu novo orçamento;

5º: atente-se as compras do dia a dia, pois são nelas que nosso dinheiro vai embora sem que a gente perceba. Reavalie os seus hábitos e pondere a necessidade de pequenas mudanças diárias como comer fora, seja na escolha do local ou na frequência que isso ocorre ou na compra de produtos supérfluos, que podem aguardar outro momento para serem adquiridos. Uma boa dica e passar a anotar qualquer valor gasto no ato da compra, isso fará com que você repense a necessidade da compra e te ajudará a identificar para onde seu dinheiro está sendo destinado;

Adequando-se a sua nova realidade, você evita de vir a ter problemas como restrições e acúmulo de juros, que podem inviabilizar ou atrasar seus projetos futuros. Reorganize-se de forma que não perca sua qualidade de vida e entenda que esse período é passageiro, este reajuste é necessário para o momento, mas não precisa ser definitivo, não se aflija por isso. Tudo isso vai passar!

Caso queira ler um pouco mais sobre este assunto, clique aqui e leia a matéria PLANEJAMENTO FINANCEIRO, VOCÊ JÁ FEZ O SEU?
Semana que vem conversaremos sobre a consciência de investir neste momento e como começar a investir, ainda que a sua renda esteja comprometida.  

Está gostando do conteúdo que estamos escrevendo para você? Quer saber sobre algum outro assunto? Envie e-mail para: faleconosco@uniprimebr.com.br 

Até a próxima semana!
COMPARTILHAR:

Educação Financeira