EDIÇÃO Nº 15 - MARÇO/2019

Cooperativismo em 2019

Os princípios cooperativistas nunca se fizeram tão atuais

Cooperativismo em 2019
Por Juliana Olivieri Refundini, Gerente de Agência. Profissional com Certificação CFP®.

Estamos iniciando um novo tempo, em que a posse perde a importância e dá lugar a experiência de utilizar um serviço eficiente e mais barato. Este é um conceito que vem sendo difundido pelo mundo todo, em diversos segmentos de mercado.

Na era do compartilhamento, falar de cooperativismo nunca foi tão atual. Afinal, maximizar a utilização dos recursos de forma consciente e justa está entre os princípios do cooperativismo. 

Em tempos atuais, pensar em lucro a todo custo ou, simplesmente, não pensar no melhor custo-benefício para os indivíduos, é inviável. Ao cooperar, você se conecta com pessoas que possuem os mesmos objetivos que os seus, que buscam fazer mais com menos, que desejam mais rentabilidade e retorno. Junto a isso, há uma necessidade cada dia mais latente: serviços e atendimento personalizados. 

As cooperativas de crédito estão em franco crescimento no Brasil, justamente por estarem alinhadas a esses anseios, agregam produtos cada vez mais personalizados, com baixo custo e, ainda, proporcionam aos seus associados a possibilidade de receber o lucro da cooperativa anualmente (Sobras).  No mês de Fevereiro, a Uniprime Norte do Paraná distribuiu aos seus cooperados, mais de R$ 78 milhões e com excelência cumpre mais uma vez, um dos propósitos do cooperativismo, que busca o bem comum e a geração de riqueza aos cooperados e a sociedade.

O cooperativismo financeiro se destaca dos demais sistemas tradicionais exatamente porque aproxima as relações e faz com que cada cooperado seja dono do negócio, o que confere a ele mais benefícios e melhores resultados financeiros. 


Outros Artigos

Jornalista Responsável: Loraine Santos