EDIÇÃO Nº 11 - JULHO/2018

O que você precisa saber antes de realizar um financiamento

Raphael Cordeiro, especialista em finanças pessoais, dá dicas preciosas para quem está pensando em assumir um financiamento

O que você precisa saber antes de realizar um financiamento
Calcular juros, projetar a capacidade de pagamento e realizar um empréstimo com tranquilidade não é uma tarefa simples para muitos brasileiros. Porém, a adoção de princípios básicos de planejamento e controle financeiro possibilita alcançar mais rapidamente e sem gastar tanto, alguns objetivos de consumo. Convidamos então, o especialista em educação financeira e CEO da Inva Capital, Raphael Cordeiro, para dar algumas dicas para quem está pensando em financiar algum bem ou adquirir um empréstimo.

Confira o bate-papo:

Uniprime: O que é preciso levar em conta na hora de realizar um financiamento?
Raphael Cordeiro: Finalidade do recurso, seu custo e a capacidade de pagamento de acordo com a sua renda. 


Uniprime: Quando um financiamento vale a pena?
Raphael Cordeiro: Financeiramente, vale a pena quando o seu retorno for maior do que os juros pagos. Entretanto, há alguns momentos que essa conta pode não ser possível, pois em casos como o do carro próprio ou da casa própria, não se espera rendimentos.
Mesmo assim, pode valer a pena em algumas situações:
a) se a oportunidade que aparecer for atrativa;
b) se for financiar uma parte menos relevante;
c) se os juros estiverem mais baixo do que o rendimento de aplicações financeiras com baixo risco;
d) em caso de imóvel, se a valorização foi superior aos juros.

Uniprime: Quais são as principais falhas cometidas pelas pessoas quando decidem comprar algum bem de alto valor? 
Raphael Cordeiro: Se precipitar ao comprar bens antes de estarem financeiramente preparadas. Quando entram em financiamento, as pessoas às vezes cometem o equívoco de assumir prestações acima de sua capacidade. Esse costuma ser o maior equívoco - é necessário fazer contas e deixar uma margem de segurança.

Uniprime: Estamos em um período favorável no Brasil para financiar?
Raphael Cordeiro: Até a greve dos caminhoneiros eu diria que sim, os juros baixos associados à perspectiva de recuperação econômica eram um grande incentivo para que as pessoas assumissem um financiamento para aproveitar oportunidades de expansão dos seus negócios ou compra de imóveis. Depois da greve, a perspectiva de crescimento recuou e as taxas de juros pré-fixadas subiram, entretanto ainda é possível encontrar boas oportunidades no mercado. 




Jornalista Responsável: Loraine Santos