EDIÇÃO Nº 08 - JANEIRO/2018

NO CAMINHO DA INOVAÇÃO

Saiba como a Uniprime tem se reinventado a cada ano para acompanhar as mudanças do mercado e se tornar ainda mais competitiva.

NO CAMINHO DA INOVAÇÃO
Embora a economia do país esteja enfrentando um ciclo longo de recessão, empresas e instituições sólidas têm encontrado nas dificuldades a oportunidade de se reinventarem. As estratégias incluem, especialmente, continuar atentas ao propósito de colocar o público no centro do negócio, manter a excelência nos produtos e serviços prestados e não perder de vista as demandas do futuro.

“O mercado é dinâmico e, independente do cenário econômico, é preciso inovar. Caso contrário, quando o mercado estabilizar, você corre o risco de estar atrasado. Na Uniprime Norte do Paraná, por exemplo, a inovação é uma filosofia que está enraizada entre todos os dirigentes e colaboradores e estamos sempre em busca de novos serviços para nossos cooperados”, explica Sr. Antonio Hernandes, Diretor Gerente da Uniprime.

Marcada por uma administração voltada para o pioneirismo, a cooperativa sempre esteve atenta às transformações do mercado financeiro, que tem demandado mais tecnologia e personalização na relação entre cooperativa e cooperado.

“Desde o seu primeiro ano de atividade, em 1998, a Uniprime esteve à frente do mercado ao ser a primeira cooperativa de caráter regional, um dos fatores essenciais para seu crescimento durante seus 20 anos de história. Desde então, estamos sempre pensando no que podemos fazer para ampliar as opções para nossos cooperados. Esse propósito fez com que a cooperativa expandisse rapidamente, dando vazão às agências e suporte ao crescimento”, conta o Diretor.

Entre os pioneirismos que marcaram a história da Uniprime Norte do Paraná, pode-se destacar o fato dela ter sido a primeira cooperativa de crédito do Brasil a constituir um Fundo Exclusivo, a receber autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para distribuir fundos de investimentos e, também, a primeira a possuir uma Conta de Liquidação junto ao Banco Central, que lhe permitiu participar do Sistema de Pagamentos Brasileiro, ter número de Banco, realizar a sua própria compensação e ter talonários de cheques próprio.

“Recentemente nos tornamos a primeira cooperativa de crédito do Brasil a emitir cartão próprio e, muito em breve, vamos agregar o serviço da Samsung Pay ao nosso meio de pagamento, uma alternativa tecnológica demandada pelo mercado. A regra básica para se manter competitivo é a reinvenção. Aqui não existe ponto de equilíbrio, a Uniprime está em constante evolução”, conclui Sr. Hernandes.

Jornalista Responsável: Loraine Santos