Edição nº 1 - Outubro/2016

O que é Sustentabilidade?

Descubra de onde surgiu, porque ficou tão relevante e como ela se conecta com as corporações

O que é Sustentabilidade?
A palavra “Sustentabilidade” é relativamente nova. Esse termo surgiu em 1992, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) colocou oficialmente a sustentabilidade na agenda global – e de uma maneira nunca feita antes. Em outras palavras, significa que pela primeira vez foi criado um programa detalhado direcionado aos governos de todo o mundo, com uma lista de atividades que visavam a proteção e renovação dos recursos ambientais. 

A conta é simples: a sociedade precisa se desenvolver e é necessário haver recursos naturais suficientes para isso. 

O termo pode ser recente, mas a prática é antiga. O conceito de desenvolvimento sustentável faz parte de uma história que começou no final do século XVII, onde países europeus que faziam uso intenso da madeira para construir os navios, passaram a inventar maneiras de gerenciar esses recursos, resguardando a matéria-prima pra usos futuros. 

Apesar do assunto estar em pauta há mais de 200 anos, foi somente com a “Agenda 21” em 1992, termo oficial que colocou sustentabilidade entre as prioridades da ONU, que a discussão em torno das ações sustentáveis ganhou novos cenários, chegando finalmente nas salas de reuniões corporativas.

O sociólogo e escritor britânico John Elkington foi o primeiro a falar de sustentabilidade no âmbito dos negócios e a considerá-la como parte de um tripé, adicionando às discussões ambientais o viés econômico e social. O “Triple Bottom Line”, expressão que traduz a teoria de Elkington, define que, para ser sustentável, uma organização ou um negócio deve ser financeiramente viável, socialmente justo e ambientalmente responsável.


Crédito para foto: Ilustração


Para ser sustentável, uma organização ou um negócio deve ser financeiramente viável, socialmente justo e ambientalmente responsável.

O avanço tecnológico, a facilidade em estabelecer conexões e a rapidez da informação, também contribuíram para formar um quadro onde a sustentabilidade deixasse de estar ligada única e exclusivamente às questões ambientais. O bombardeio diário de informações sobre taxas, índices, participações, alianças, etc. que associam as empresas à ações sustentáveis, faz com que o consumidor fique atento aos detalhes mais subjetivos no momento de optar pela empresa que irá atendê-lo. A relação da companhia com o meio ambiente, com a economia e, especialmente, com o próximo, tem uma importância ímpar para a sociedade.

Esse novo cenário exigiu uma nova forma de fazer negócio. Antes de comprar o que você vende, as pessoas precisam acima de tudo acreditar no que você tem a dizer.

Foi o caso da TOMS, marca argentina de alpargatas criada pelo americano Blake Mycoskie, que trabalha sob o lema “One for One” (um por um): para cada alpargata vendida, uma é distribuída a uma criança com necessidades. A filosofia de Blake é simples: ao incorporar uma ação sustentável em seu próprio negócio, os seus consumidores se tornam mais leais, porque querem compartilhar a história e fazer parte de uma missão. Com mais de dois milhões de sapatos distribuídos a crianças com necessidades por todo o mundo, a empresa fez história e dobrou seu faturamento, aumentando a sua linha para sapatos de salto alto, bailarinas, botas e óculos de sol.

Crédito para foto: Blog TOMS SHOES (www.toms.com/stories)


TOMS SHOES e o “One for One” (um por um): para cada alpargata vendida, uma é distribuída a uma criança com necessidades.
                  

Com objetivo de promover a acessibilidade e desenvolver projetos em prol de um futuro mais justo, a UNIPRIME NORTE DO PARANÁ lançou recentemente as Linhas de Crédito Socioambientais Uniprime, com vantagens financeiras para o cooperado que planeja iniciar ou ampliar sua atuação em projetos responsáveis com ênfase Ambiental e Social. "As novas linhas de crédito é a contribuição da Uniprime para os cooperados que planejam crescer sem abrir mão do compromisso com as pessoas e com o meio ambiente", explica Dr. Jayr Paula Gomes Gonçalves, Diretor Financeiro da Uniprime.

Quer saber mais? Clique na imagem abaixo:



Jornalista Responsável: Loraine Santos